Feeds:
Posts
Comentários

Archive for abril \29\UTC 2009

Talvez não seja tão perceptível, mas o design de um escritório pode afetar sua produtividade. Segundo uma pesquisa da Microsoft, 89% dos funcionários reconheceram que o design do escritório tinha efeito direto em sua produtividade.

Quando falamos de design de escritório, queremos dizer a maneira como os móveis estão arranjados, se todos trabalham num mesmo ambiente, e outros pequenos detalhes.

taylorismo1O engenheiro americano Frederick Taylor foi o primeiro a realmente conceber um espaço de trabalho. No modelo taylorista, todos os funcionários ficavam juntos em uma sala grande e aberta, enquanto os chefes supervisionavam de um escritório separado (chão de fábrica). Este modelo foi evoluindo até chegarmos à diversidade de modelos que temos hoje, cada um se adequando (ou não) ao tipo de trabalho realizado.

 

soci22Outro design interessante é o Bürolandschaft (torce a língua!), modelo de escritório usado na Alemanha dos anos 1950 e 60, condizente com os valores socialistas da época. Aqui a gerência não tem mais salas especiais, e o tipo de mesa/arranjo é definido pela função.

 

 

cube2

 

 

 

 

O mais careta dos modelos são os cubículos. Com o crescimento do número de funcionários do meio da hierarquia (muito importante para uma mera mesa, mas muito ninguém para uma janela própria), o problema foi resolvido da maneira mais barata possível: com paredes modulares. E viva o mar de cubículos.

 

net2

 

Um modelo mais usado atualmente é o Networking, uma evolução dos cubículos para encorajar a sociabilidade, pero no mucho. O modelo ainda é o mesmo, mas já existem móveis mais estilizados no mercado, sem as divisórias tradicionais.

No entanto, quando falamos de inovação na maneira de trabalhar, certamente devemos dar ao Google uma salva de palmas. Com escritórios que vão muito além do convencional, é da filosofia da empresa deixar o funcionário livre, com áreas de lazer, brinquedos, vídeo game, lanchinhos e refrigerante à vontade…tudo para que quem trabalha lá se sinta confortável, motivado e se divirta, assim gerando mais produtividade e inovação.

Nosso lugar de trabalho deveria ser um lugar onde nos sentimos livres para criar, focar e dar o nosso melhor, mas isso quase nunca acontece. Olhe ao seu redor e veja se o físico de sua empresa está alinhado com seus conceitos, sua filosofia. Porque afinal de contas, o que os olhos não vêem, o coração não sente.

 

Evolution of Office Spaces Reflects Changing Attitute Towards Work

Fotos do escritório do Google em Zurich

Veja um vídeo do escritório do Google em Nova York

Read Full Post »

190_f3_meeting_informal

 

Qual é sua reação ao entrar no escritório de manhã? Já fica estressado antes de limpar os pés no tapete? E quando chega ao fim do expediente você sai correndo?

É preciso tornar seu ambiente de trabalho mais prazeroso, afinal você passa longas horas ali todos os dias.

Hoje a dinâmica de trabalho está se tornando cada vez mais individual. A tecnologia nos tornou muito mais produtivos, mas ela também pode criar uma sensação de isolamento.

O escritório precisa ser convidativo e inspirador, para que os funcionários se sintam à vontade no trabalho e produzam melhor. Coletamos algumas dicas para um escritório mais agradável, que podem ser implementadas tanto num home office, quanto em grandes empresas.

1. Reorganize o espaço

Nada pior que um escritório apertado e abarrotado de coisas. Minimize os móveis, abra espaço para que a energia possa fluir livremente no espaço. Organize seus papéis e tudo que estiver espalhado em cima da sua mesa, toda essa papelada já vai te deixar estressado em um piscar de olhos. Mantenha as superfícies limpas.

2. Revitalize o ambiente

É preciso vida! Trabalhar em ambientes completamente artificiais pode ser cansativo. Traga plantas com folhagens, um cesto de frutas ou até um peixe num aquário. Abra janelas e deixe o ar circular.

3. Personalize o seu espaço

Dê seu toque pessoal ao seu espaço, traga acessórios. Com um cantinho que é mais a sua cara você se sentirá mais em casa. Acrescente cores, por exemplo, laranja e vermelho ajudam na motivação, ou talvez você prefira tons de azul pra ajudar a limpar a cabeça. Trazer sua individualidade para o trabalho ajuda a “dar chão”, especialmente antes de reuniões tensas.

4. Ergonomia

Seu conforto é a parte mais importante! Reduza dores de cabeça e torcicolo ajustando a inclinação do monitor, o brilho da tela ou a altura da cadeira. Uma ótima maneira de reduzir a dor nas costas de ficar longas horas sentado é colocar um apoio para os pés.

5. Iluminação

A melhor opção sempre é a luz natural, então abuse das janelas, abra as cortinas. Outra idéia é usar camadas de luz, dependendo do tipo de trabalho que está na mesa no momento. Por exemplo, se você passa a maior parte do dia no computador, dá pra diminuir a luz fluorescente.

Use essas dicas e sinta-se melhor! Quando nos sentimos bem alcançamos metas e estamos prontos pra novos desafios. Doe sua energia para o trabalho, não deixe que ele te sugue!

 

Fonte: How Good Office Space Planning affects Productivity

           60 Seconds to a better office design space

Read Full Post »

Não há lugar como o lar, fato. Trabalhar de casa traz muito conforto e flexibilidade, mas é necessário uma dose extra de disciplina para conseguir ter uma boa produtividade.

Temos algumas dicas da Wired sobre  como otimizar seu dia e evitar as distrações.

ginasticalaboral

 

Entre em “modo de trabalho”

É difícil se sentir um profissional produtivo vestindo pijamas, pantufas e cabelo desgrenhado de travesseiro. Levante-se, tome um banho e vista-se para ir ao trabalho.

Separe seu espaço de trabalho

Se seu computador fica na sala, ou no quarto, é fácil se sentir tentado pelo videogame, sofá, cama ou novela. Escolha uma área da casa para ser seu escritório, de preferência um lugar que tenha uma porta. Passe tempo lá dentro só quando estiver trabalhando. Ah, e aprenda a concentrar-se, é uma habilidade adquirida.

Concentre sua atenção

Vamos encarar a realidade, você não vai cumprir seu prazo se as crianças precisam de almoço, ou o cachorro ser levado pra passear, ou se sua sogra fica ligando toda hora. Arrume uma babá, tire o telefone do gancho e feche a porta para sinalizar que não está disponível naquele momento.

Crie pequenos prazos

Você ainda tem um dia de trabalho inteiro pela frente, e isso parece ser todo o tempo do mundo…Por que não assistir um episódio de Friends? Evite as distrações e crie pequenos prazos para você mesmo. Por exemplo: terminar esta revisão até as 10:30 para estar na academia às 11. Isso ajuda a dividir o dia e colocar urgência nas suas tarefas.

Limite o email para momentos específicos

Ao trabalhar sozinho, o email começa a parecer sua única conexão com o resto da humanidade. Ele pode consumir todo o seu dia e acabar com a sua produtividade. Evite que isto aconteça checando seu email apenas em momentos pré-determinados, como de manhã, depois do almoço e fim do dia. Fora desses horários, feche o Outlook e mãos à obra!

Venha para o Pto!

Se tudo mais falhar, ou se tiver naquela semana mortal de prazos e entregas, venha para o Pto de Contato! Tudo montadinho pra você trabalhar em paz, além de inspirar sua produtividade por estar rodeado de gente produzindo.

Read Full Post »

couch

Se você está planejando uma viagem no futuro próximo, talvez o CouchSurfing seja uma boa pra você.

O projeto CouchSurfing tem o objetivo de fazer a ligação entre viajantes e usa como missão a frase “Participe na criação de um mundo melhor, um sofá de cada vez”.

Um dos propósitos principais é encontrar alojamento, um sofá pra dormir (ou surfar!), mas não apenas como um meio de baratear a viagem, e sim para conhecer pessoas, alem de cantos não turísticos que só um nativo poderia indicar.

A construção de uma comunidade é um dos maiores objetivos e a troca de experiências pode ser muito enriquecedora. Uma usuária, depois de surfar um sofá em Bhalil, no Marrocos, disse que o CouchSurfing tinha “renovado sua fé na humanidade”.

“Calma, pera aí, como assim?!”, você deve estar se perguntado, “Eu vou chegar em outra cidade ou país e ficar de graça na casa de uma pessoa que eu nem conheço?”

É. Basicamente, sim.

No CouchSurfing você encontra pessoas que estão dispostas a te hospedar, e você, ao entrar, tem que ter a disposição de conhecer novas pessoas, não há obrigatoriedade de hospedar alguém em sua casa, você pode colocar o seu “Couch Status” como Maybe (talvez) ou só estar disponível para um café e mostrar um pouco da cidade ao viajante.

Segurança, claro, é um fator importante, por isso o site tem um sistema de verificação de identidade por cartão de crédito, e também de referências, onde os usuários são encorajados a escrever uma crítica de cada pessoa com quem eles ficaram ou conheceram, assim tornando o perfil da pessoa mais seguro e mais real. Claro que existem pessoas com referências negativas, já que as críticas deixadas não podem ser apagadas do perfil.

É muito simples: você faz um perfil, escolhe um lugar, encontra alguém com um sofá disponível (ou cama, ou chão), manda um e-mail, e fica lá de graça!

Gostou? Vai lá: www.couchsurfing.com

Read Full Post »

mvelope_fifth_bday_cake1

O experimento que começou como um meio de comunicação interna entre os funcionários do Google é hoje usado por milhões de pessoas, em 52 idiomas e completou neste 1º de Abril 5 anos de existência.

Sem nunca deixar de lado a inovação, estão sempre lançando novas funções para facilitar nosso dia-a-dia como usuários do Gmail. No Gmail Labs é possível habilitar as novas funções, que ainda estão em fase de teste.

Uma nova função super útil é o Custom Time, que permite mandar um e-mail com data passada, no caso daqueles atrasinhos que extrapolaram o prazo ou aniversários esquecidos. O e-mail aparece na ordem cronológica correta na caixa de entrada do receptor, e ainda é possível escolher se a mensagem aparecerá como lida ou não lida!

custom-time1

Mas existem certas limitações, por exemplo, só é possível enviar um e-mail para o passado até 1 de abril de 2004, que foi quando o Gmail foi lançado. Além disso, cada usuário só tem direito a enviar 10 e-mails atrasados por ano. Segundo pesquisas do Google, permitir mais de 10 e-mails pré-datados por usuário por ano ia fazer com que as pessoas perdessem fé na exatidão do tempo, tornando a função inútil.

Há também a função Undo Send, em que você pode puxar um e-mail de volta em alguns segundos, antes que ele chegue à caixa de entrada de destino, no caso de perceber algum erro imediatamente.

undosend1

Além disso, também existe um detector de arquivos não anexados, caso haja menção sobre isto no corpo do e-mail. São muitas as novidades que facilitam a vida! Vale a pena conferir e encontrar as que se encaixam com suas necessidades. É só clicar no Gmail Labs no topo da página pra saber das novidades, e pra habilitar é Configurações > Labs.

Facilite sua vida, e não tenha medo das funções beta!

 

Fonte: Gmail Blog

Read Full Post »

Música colaborativa


Mentes criativas nunca param de trabalhar, pelo contrário, criar não é trabalho, é apenas necessário. Concretizar idéias se torna uma realização, e uma prova disso é o produtor musical Kutiman.

Este israelense passou os dois primeiros meses de 2009 trabalhando e mixando músicas e imagens do YouTube. Sem sair de casa, trabalhou com uma orquestra de pelo menos 100 músicos, tanto amadores como profissionais, e compôs sete músicas que podem ser vistas e ouvidas no site http://thru-you.com/#/vídeos.

Seu projeto Thru-YOU foi todo montado com o programa de edição da série Vegas, onde mixava as imagens, criando composições inéditas que já saiam com videoclipe. Ele diz que seu critério de escolha eram trechos que combinassem boa qualidade de imagem e som e bons músicos.

Primeiro penso com qual tipo de música vou trabalhar: funk, reggae, rock…Depois eu procuro um baterista. Acho que qualquer músico iniciaria o processo pela bateria. Depois procuro um bom ‘loop’ (pequeno trecho de um instrumento repetido), um baixista, e só aí vou atrás de todo o resto.”

Em alguns casos usou apenas pequenos pedaços, em outros não foi nem necessário mexer, pois os vídeos se encaixavam perfeitamente. “Eu apenas colei”.

Para a realização destas colagens, nada do que foi copiado teve autorização prévia dos autores, mas não obteve nenhuma reclamação, pelo contrário, ele diz receber vídeos de pessoas pedindo pra que ele as escolha na próxima vez.

As composições são de primeiríssima qualidade, em diversos gêneros, indo desde “That Is What It Became”, um reggae com mensagem pró-cannabis, até “I’m New”, um trip hop incrível que junta um quarteto de cordas, um quinteto de sopro, ruídos eletrônicos, instrumentos de brinquedo e vozes diferentes de cantoras negras.

Vale a pena conferir. É tão legal que dá vontade de só ficar ouvindo e desencanar deste texto.

Fonte: http://www1.folha.uol.com.br/folha/ilustrada/ult90u543064.shtml

Read Full Post »

Os ditadores e autoritários que me perdoem, mas uma democracia funciona melhor. Eu sei, você sabe, todos nós sabemos. A sabedoria das massas existe, e decisões tomadas coletivamente são normalmente mais corretas e justas que as tomadas por um só indivíduo.

Mas que caminho seguir quando estamos sozinhos?

O empreendedorismo é um caminho virtuoso, mas ás vezes pode ser complicado tomar todas as decisões de uma empresa.

Estudos sobre a sabedoria e o comportamento, realizados nos Estados Unidos, chegaram a uma técnica chamada Dialectical Bootstrapping, que nada mais é que uma só mente simulando a sabedoria de muitas.

Como funciona?

Da mesma maneira que numa democracia, onde todos têm direito de voz e votam, moldando as decisões a respeito do futuro da sociedade, o dialectical bootstrapping busca chegar àquela uma resposta comum e correta entre todos. Excluem-se os votos divergentes e teremos a decisão da maioria.

Para aplicá-la individualmente, devemos responder o problema em mãos, e depois descartar essa primeira resposta, questionando porque ela pode estar errada e, assim, chegar numa segunda opinião.Fazendo uma “média” destes resultados, chegamos a uma resposta mais ponderada e provavelmente mais correta.

No entanto, vale lembrar que este método não exclui a opinião de amigos, familiares, coworkers, etc. Quando se é empreendedor, toda opinião é bem vinda e todos os pontos de vista devem ser analisados. Afinal, toda a experiência vivida é fonte de sabedoria.

Mas, quando precisar tomar uma decisão rápida e ninguém puder atender o telefone… aposte no dialectical bootstrapping.

Gostou? Então leia mais sobre o assunto!

Scientificblogging.com

Less Wrong: Dialectical Bootstrapping

Read Full Post »